Wiki Moonlight Lovers
Advertisement


IntroduçãoCapítulo 2 - Neil

Rose.gif


Neil
Capítulo 1


NeilAvatar.jpg


Separateur.png

Lançamento do capítulo: 21/09/2021

Valor de PA gasto (média): 9,500 Neil-PA.png

Personagens que aparecem no capítulo: Aaron, Beliath, Ethan, Ivan, Neil, Raphael, Vladimir.

Separateur.png

Sinopse[]

O vampiro mais poderoso da mansão e repleto de segredos sombrios finalmente saiu do seu covil!

Descubra a partir de agora os três primeiros capítulos da sua história com o Neil, disponíveis no navegador e no aplicativo.

Guia de Respostas[]

IMPORTANTE!! Estarão sinalizadas as respostas seguindo o guia criado pelo Tumblr @tetrakys10 [1]. Segundo a FAQ do próprio jogo, tem o risco de você não ganhar a imagem em capítulos futuros caso opte por não seguir este mesmo guia do início ao fim. Não estamos influenciando ninguém a dar estas respostas!


Aaron[]

Sim. E imagina. Precisamos ajudar uns aos outros. Você precisara de descanso e paz.

A. E principalmente entender melhor o que está acontecendo!

B. Sim, quero ficar sozinha. (Guia Tetrakys10)

C. É verdade. Estou toda dolorida...


Beliath[]

Até que enfim! Achei que o Neil tinha te escondido! Boa noite, minha linda.

A. O Neil não decide nada por mim.

B. E quem é você? (Guia Tetrakys10)

C. Desculpe, o quê?

--

Preciso espairecer e nada melhor do que música, multidão, festa... Tudo isso em excelente companhia.

A. O Moondance é um bar?

B. Você vai procurar suas vítimas? (Guia Tetrakys10)

C. Você quer dizer garotas, não é?


Eloise[]

(Já faz um tempo que eles estão conversando e que eu estou ouvindo. Talvez seja a hora de ir me juntar a eles?)

A. (Vou abrir a porta como se nada tivesse acontecido.) (Guia Tetrakys10)

B. (Vou fazer pouco barulho e entrar.)

C. (Prefiro ouvir mais um pouco...)

--

Se respondeu "(Prefiro ouvir mais um pouco...)"
(Isso não explica por que ele matou os meus pais...)
A. (Para agradar ao Neil?)
B. (Tinha a ver com a sua doença?)
C. (Por que ele precisava de sangue?)

--

As ideias sobrevoavam a minha mente como abutres. Eu não sabia mais o que pensar. Eu me sentia impotente, desamparada.

A. (Neil... Não posso confiar nele.)

B. (Conheci um pouco da história do Neil. Mas com certeza não tudo. Eu quero saber antes de julgar.)

C. (Neil... Eu sei que ele não é humano. Entretanto... Ele age como se fosse.) (Guia Tetrakys10)


Ivan[]

Então é verdade... Você tampouco está morta?

A. Pelo visto...

B. Você preferia que fosse o caso? (Guia Tetrakys10)

C. Como assim, "tampouco"?


Neil[]

Afinal você nunca mais terá pressa, você verá.

A. O que isso quer dizer? (Guia Tetrakys10)

B. Quem é você?

C. Mas eu já vou embora. Agora.

--

É normal que você ainda se sinta fraca, mas vai melhorar. E eu a ajudarei.

A. Eu me sinto perfeitamente bem, obrigada.

B. E você acha que acreditarei em você assim, de graça? (Guia Tetrakys10)

C. Me ajudar com o quê?

--

(Mas o que ele está dizendo? Quem é esse louco?)

A. Que besteira é essa?

B. A minha... vida nova? (Guia Tetrakys10)

C. Já ouvi o suficiente. Vou embora.

--

Oh... Sem dúvida nenhuma. Mas você não achou que haveria alguém morando aqui. E... você estava completamente enganada.

A. Na verdade, você é simplesmente um intruso!

B. Eu me lembro... Ouvi vozes, vi alguns rostos...

C. Eu não sabia o que encontraria aqui! (Guia Tetrakys10)

--

É uma das várias vantagens de ser um vampiro.

A. Um vampiro. Sério? Você não podia inventar nada melhor do que isso?

B. Então é isso que me dá vontade de comê-lo desde que acordei?

C. E quais são as outras vantagens? (Guia Tetrakys10)

--

Sim, graças a mim, agora você é uma de nós. Espero que você seja digna do seu lugar.

A. Eu... Não pode ser verdade...

B. Chega, cansei disso. Vou embora.

C. Você acha que não sou capaz, é isso? (Guia Tetrakys10)

--

Eu a ensinarei a ser uma vampira responsável, se você desejar.

A. Um vampiro pode ser respeitável? Isso é novidade!

B. Eu não preciso de ninguém. (Guia Tetrakys10)

C. Você me... Então é verdade?

--

O Sol já nascerá... Vou deixá-la e nos encontraremos à noite.

A. Mas... E o que eu preciso saber?

B. Veremos!

C. E os outros... vampiros? (Guia Tetrakys10)

--

Ah, Eloise. Eu não imaginei encontrá-la aqui. A noite está agradável, não é?

A. Você deixou as formalidades de lado?

B. É verdade que eu me sinto bem... (Guia Tetrakys10)

C. Você tinha saído?

--

Em breve, tudo voltará a ser como antes... Em breve, eu voltarei a ser quem era.

A. E você poderá curar o Vladimir?

B. O que isso quer dizer? Quem você era? (Guia Tetrakys10)

C. Você me parece mais disposto do que ontem.

--

Você aceitou a ideia de ser uma vampira?

A. Eu não tenho escolha! (Guia Tetrakys10)

B. Ainda me parece loucura.

C. Por enquanto, tudo isso me parece uma grande piada!

--

Agora, você pertence ao mundo da noite. Como você está vivendo esta mudança?

A. Hmm... Finalmente, até que bem. (Guia Tetrakys10)

B. Eu tenho a impressão de que acordarei a qualquer momento.

C. Tudo está muito confuso, indo rápido demais...

--

Entendi. Eu tenho muito a ensinar para você e nós iremos aos poucos, mas talvez você tenha uma pergunta específica que a torture?

A. Você me transformou... Então você espera que eu o obedeça sem contestar? (Guia Tetrakys10)

B. O Vladimir mencionou um cálice. É o que eu sou?

C. Você quer me ensinar... Por quê?

--

Você é uma leath, mas você tem poderes.

A. Uma leath?

B. Se eu nunca mais me sentir fraca nem exausta, acho ótimo! (Guia Tetrakys10)

C. Francamente, não é a impressão que tive desde ontem...

--

Acho que ainda não consigo imaginar. Porque, por enquanto, ainda não vi nada concreto.

A. Como nos alimentamos? (Guia Tetrakys10)

B. Não podemos sair durante o dia?

C. Somos imortais?

--

Quem mais? O sangue humano permite que nos restauremos.

A. Que horrível!

B. Que loucura, todas as histórias dos contos são verdade...

C. E permite curar nossas feridas? (Guia Tetrakys10)

--

Até o momento, não tivemos acesso à fala e nem aos personagens que leva a esta opção ou as que a acompanham. Porém, como ela está no guia da Tetrakys10, ela estará sozinha até que possamos completar.

A. Por que você esperou até a noite para se revelar? (Guia Tetrakys10)

--

Se respondeu "(Prefiro ouvir mais um pouco...)"

(E descobrir como meus pais morreram. Saber se eles foram assassinados. Preciso escolher a maneira certa de tocar no assunto. Sou direta? Tento amansá-lo?)

A. Por que você matou os meus pais?! Você não passa de um monstro!

B. Como você chegou na mansão?

C. Qual é o seu relacionamento com o Vladimir?

--

Se respondeu "(Vou fazer pouco barulho e entrar.)"

(E descobrir por que ele ficou escondido na mansão. Entender o que realmente acontece com o Vladimir e os outros.)

A. Por que você escondeu sua presença dos outros vampiros até a noite passada?

B. Como você ajudará o Vladimir?

C. Como você chegou na mansão?

--

E o Vladimir acabou chegando aqui, diante de mim. Enfim, diante da sombra de que me eu era. Naquele momento, eu realmente estava em um péssimo estado.

A. Eu não entendo. Que lugar é esse? (Guia Tetrakys10)

B. Como assim, em péssimo estado?

C. E foi aí que ele aceitou ajudá-lo?

--

(Ele está enrolando. Eu continuo sem saber o que aconteceu. Não importa, eu preciso ir direto ao assunto.)

A. Mas quem fez isso com você? (Guia Tetrakys10)

B. Mas por que você estava preso?

C. O que aconteceu?

--

E se tivesse de fazer novamente, eu faria a mesma escolha.

A. Que horrível...

B. Eu entendo. (Guia Tetrakys10)

C. Você poderia ter poupado suas vidas! Tê-los apenas nocauteado!

--

Só nos resta pouco tempo antes de amanhecer para que eu comece a explicar o que todo vampiro deve saber.

A. Eu não vim aqui para isto.

B. Tenho perguntas mais urgentes.

C. Você vai fingir que nada aconteceu? Que você não me disse nada? (Guia Tetrakys10)

--

Eu entendo sua pergunta. Por que eu a salvei se eu sabia que você era a filha dos meus torturados falecidos?

A. E como você sabia quem eu era?

B. E por que você não me tornou cálice, sua escrava? (Guia Tetrakys10)

C. E por que você não deixou os outros resolverem a situação?

--

Durante anos, eles aprisionaram e torturaram um vampiro, e sua filha querida tornou-se, por sua vez, uma criatura da noite. É engraçado demais.

A. Então não foi por bondade que você me transformou? (Guia Tetrakys10)

B. Claramente, não temos o mesmo senso de humor.

C. Sua filha querida... Eles realmente me amavam?

--

Tornando-a vampira, eu me assegurei de que você não retomasse o trabalho do seus pais.

A. Eu nem sabia o que eles faziam!

B. Eu nunca torturaria alguém assim!

C. Eu nunca quis seguir os seus passos! Eu sempre me construí sozinha... (Guia Tetrakys10)

--

Se você aceitar, serei seu mentor e quero oferecer toda a ajuda que você precisar para adaptar-se à sua nova vida.

A. Nossa, que bondade...

B. Com certeza, precisarei da sua ajuda...

C. Eu conseguirei me virar sozinha. (Guia Tetrakys10)

--

Você não diz nada?

A. Você me enganou do início ao fim!

B. Não tenho o que dizer. Não tenho muita escolha. (Guia Tetrakys10)

C. Veremos com o tempo o que você pode me proporcionar.

--

O que você estava dizendo?

A. Que não aguento mais você arruinando a minha vida!

B. Que a situação é complicada. Tanto para você quanto para mim. E faremos o melhor que pudermos.

C. Que eu entendo por que você fez o que fez. (Guia Tetrakys10)


Raphael[]

A Lua passará por vários ciclos antes de eu me acostumar com a ideia de ter dois novos moradores neste lugar que eu considero meu lar.

A. Mas este não é o seu lar. (Guia Tetrakys10)

B. Dois moradores?

C. Você não tem um calendário?

--

O seu futuro lhe parece tão sombrio assim?

A. Francamente, tenho a impressão de que tudo é incerteza.

B. O futuro, o presente... Agora faz alguma diferença?

C. Agora, é principalmente o passado que me preocupa.


Vladimir[]

Senhorita... Perfeito, estava procurando-a. O Neil não está com você?

A. Ele me abandonou.

B. Eu precisava ficar sozinha. (Guia Tetrakys10)

C. Ele parecia exausto.

--

O Neil insistiu para você ficar com aquele quarto...

A. Ele não tem um quarto seu?

B. Um quarto? Para quê?

C. Preciso de paz. (Guia Tetrakys10)

--

É melhor evitar, principalmente no seu estado. Eu não achei que seria possível transformá-la em algo além de cálice, para ser sincero.

A. E eu sou... Uma vampira, é isso?

B. Cálice? O que é isso? (Guia Tetrakys10)

C. Não sei se você e o Neil estão sendo muito sinceros comigo.

--

Eu devia ter previsto...

A. O que está feito, está feito.

B. Eu não caí por sua causa.

C. De fato, eu teria apreciado o gesto. (Guia Tetrakys10)

--

Sabe... Sou eu quem lida com a nossa família peculiar a maior parte do tempo.

A. Vocês são irmãos?

B. Você é o chefe?

C. A maior parte do tempo, mas nem sempre? (Guia Tetrakys10)

--

A. E por que aqui? (Guia Tetrakys10)

B. Com o Neil também?

C. Vocês são sete, é isso?

--

Se respondeu "(Vou abrir a porta como se nada tivesse acontecido.)"
Ele estava profundamente adormecido. Ele só acordava para se alimentar do que eu trazia. Ele nem tinha mais forças de morder sozinho.
A. Por que você fez isso?
B. Você trazia... Vítimas?
C. E ninguém sabia? (Guia Tetrakys10)

--

Se respondeu "(Vou abrir a porta como se nada tivesse acontecido.)"
Em troca da minha ajuda, ele tinha que curar a minha doença.
A. Um vampiro pode ficar doente? (Guia Tetrakys10)
B. Você está doente?
C. Então, você fez um pacto.

--

Se respondeu "(Prefiro ouvir mais um pouco...)"
A. Por que ele saiu assim?
B. Ele não parece estar muito bem.
C. Eu queria lhe fazer algumas perguntas...

Ilustração[]

Navegação[]

Advertisement