FANDOM



Capítulo 1 - Vladimir Capitulo 3 - Vladimir

Rose


Vladimir
Capítulo 2




Avatar-vladimir-profil


Separateur



Lançamento do capítulo: 20/11/2019

Valor de PA gasto (média): 11.010  Coin Vladimir

Personagens que aparecem no capítulo: Aaron, Beliath, Ivan, Raphael, Vladimir.



Separateur

Sinopse

A mansão abre as suas portas e dois personagens peculiares lhe aguardam. O Moonlight Lovers chega às suas telas! Encontre os vampiros na web ou no celular.

IMPORTANTE!! As porcentagens apresentadas nas respostas foram tiradas de guias em que todas as pessoas conseguiram as imagens! Atualmente, foram utilizados 6 guias para fazer as margens. Nenhuma resposta consta como certa, apenas a porcentagem de pessoas que a escolheram e conseguiram a imagem.

Atenção: Segundo a FAQ do próprio jogo, tem o risco de você não ganhar a imagem em capítulos futuros; não estamos influenciando ninguém a dar estas respostas, são apenas dados que talvez ajudem a ganhar a imagem deste capítulo.

Guia de respostas

Aaron

"Boa noite, senhorita. Eu não costumo ter muita companhia aqui, além da lareira. É um prazer. Como vai você?"

A. Tudo bem. E você como vai? Ninguém veio com você aqui?(66,7%)

B. Para ser sincera, tive alguns... aborrecimentos, se posso dizer assim... Mas espero que melhore. E você, fica muito sozinho?(33,3%)

--

"[...] É mais com o Raphael e com o Vladimir que eu compartilho esse prazer, eles conheceram, como eu, épocas em que lareiras eram comuns."

A. Vendo as roupas dele, eu já desconfiava que o Vladimir fosse bastante "antigo". Você sabe em que época ele nasceu?(16,7%)

B. Será que te incomoda se eu te pedir para falar mais sobre o Raphael?

C. Sério? Mas você se veste como uma pessoa moderna, como o Ivan e o Ethan...(83,3%)

--

"Posso te perguntar o que aconteceu?"

A. (Isso não é propriamente algo para se orgulhar... Eu quero informações sobre a minha condição de cálice, e não ficar reclamando do Vladimir.)(16,7%)

B. Eu fui à biblioteca para saber mais sobre as plantas que foram destruídas e entender por que eram tão importantes para o Vladimir.(83,3%)

--

([...] Eu tenho que descobrir mais para que eu possa me proteger.)

A. Com sua licença, mas você sabe mais alguma coisa sobre esse assunto?(16,7%)

B. Claro que eu sei que vocês são vampiros, mas... Eu fui pega desprevenida e, agora, não ouso falar disso com o Vladimir novamente, como você vê.(83,3%)

--

"Sinto muito, no entanto, não pretendo falar mais nada sobre esse assunto com você. Não é o meu papel"

A. Mas como vocês querem que eu me adapte se ninguém quer me falar sobre essa maldita "ligação"?

B. Aaron, os seus conselhos são pertinentes e eu vou realmente procurar fazer o melhor possível, mas a minha relação com o Vladimir já é muito difícil!(100%)

--

"Eloise? Está tudo bem com você?"

A. Vai melhorar, eu te agradeço.(33,3%)

B. Digamos que você me disse coisas para refletir.(66,7%)



Beliath

"Olá, boa noite, querida! Hoje você não está muito “matinal”, se eu posso dizer assim. Posso fazer alguma coisa por você?"

A. Que bom que você está aqui porque eu tenho justamente uma coisa para te perguntar. Espero que você não fique contrariado, pois tem a ver com o Vladimir. Mas não me incomodo se nos conhecermos melhor mais tarde...(100%)

B. Na verdade, você pode fazer uma coisa por mim, mas isso tem a ver com o Vladimir.

--

"[...] Vendo o pouco de culpa que ele tinha na voz, eu desconfiei que você tinha se defendido e que ele tinha ficado ainda mais irritado."

A. Você adivinhou! Você está começando a me conhecer, ao contrário do meu... carcereiro. Espero então que você possa responder as minhas perguntas.(50%)

B. Em parte, é por isso que estou aqui. Você entende então por que eu prefiro evitar o Vladimir por ora... E por que espero que você responda às minhas perguntas.(50%)

--

(Se eu estou segura...)

A. Acho que sim. Não me arrependo que você tenha me feito... refletir sobre tudo isso.(50%)

B. Sim... E começo a me perguntar se tudo isso não trouxe ainda mais dúvidas do que respostas.(50%)

--

"[...] Quer que eu responda às suas perguntas... Ou vai tentar fazê-las ao nosso aristocrata?"

A. (Apesar de tudo que soube sobre o Vladimir, sei perfeitamente que tudo isso não leva a nada. Ele me despreza. Ele não vai querer escutar nada. E eu preciso saber... se existe um meio de deixar essa prisão!)

B. (Se eu acreditar em tudo que me disseram, vou cometer um terrível erro se não perguntar ao Vladimir.)(100%)



Ivan

"O sangue escorrendo pelo meu braço."

A. Vá embora! Eu sei bem o que você quer fazer comigo, posso ler no seu olhar! Saia daqui!(33,3%)

B. Ivan... Não se aproxime. Você sabe que eu sou o cálice do Vladimir, você não pode me atacar. O Vladimir vai descobrir!(66,7%)

--

"Você está achando que eu não vou me defender! Me larga, seu louco! Agora!"

A. Dar um tapa no Ivan.(16,7%)

B. Bater com o joelho na barriga dele.(66,7%)

C. Dar um chute na canela dele.(16,6%)



Eloise

(Chegou a hora de investigar. Quem eu devo procurar primeiro?)

A. (O Aaron aparenta gosta de mim e ele me deu informações para me defender do Vladimir, mesmo que ele tenha ficado reticente para falar da ligação de cálice, ele deve saber mais coisas.)(33,3%)

letra B pode variar em:

B. (Apesar do seu lado teatral e sua mania de dar cantadas, Beliath é o único que me falou sem disfarces sobre o que é um cálice. Não sei se ele vai querer me falar, mas vale a pena tentar de novo.)

B. (O Raphael foi muito gentil comigo até agora e tem cara de ser o mais calmo. É também um dos mais velhos, considerando a maneira como ele se veste. Ele vai poder com certeza me dar informações.)(50%)



Raphael

"[...] Será que você gostaria de se juntar a mim?"

A. Claro, na verdade, eu estava te procurando. Mas... Se você me der licença... Enfim... Não que ser grosseira, mas todos esses livros são relativamente antigos, então eu acredito que eles não estejam escritos em braille. Então, como você consegue ler?(66,7%)

B. Com prazer. Aliás, estava procurando por você. Que coincidência! Mas não imaginava encontrar você aqui...(33,3%)

--

"[...] Ele quase não sai, penso que deve ter encomendado e mandou o Beliath ir buscá-los."

A. O Vladimir e o Beliath? Sério? Não imaginei que fossem tão... É... atenciosos, se é que posso dizer assim?(16,7%)

B. Sério? É uma grande delicadeza, mas pelo que ouvi dizer do Vladimir e do jeito que ele administra esse lugar, acho que eu não deveria ficar tão surpresa.(83,3%)

--

"[...] Mas tanto eu como ele, temos os nossos motivos."

A. Eu ficava me perguntando sobre isso, admito. Os companheiros de vocês usam roupas modernas. Por que vocês não fazem como eles?

B. É verdade que isso era uma dúvida que eu tinha. Não pude deixar de reparar que você e que o Vladimir usam roupas de época. Será que eu posso perguntar a você por quê?(100%)

--

"Sério? Você é bem insistente com esse assunto, será que posso perguntar por quê?"

A. (Não tenho vontade de falar sobre isso... É tão... Ah, não sei. Íntimo.)(16,7%)

B. Aconteceu uma coisa que talvez você não saiba, e tem a ver com o jardim. O Vladimir acha que eu sou responsável e, por isso, ele ficou com muita raiva... E eu quero provar que ele está errado.(83,3%)

--

([...] Eu tenho que descobrir mais para que eu possa me proteger.)

A. Com sua licença, mas você sabe mais alguma coisa sobre esse assunto?(16,7%)

B. "Frequente"? Eu não tinha entendido isso bem assim... Fui pega desprevenida e agora não ouso falar novamente com o Vladimir, como você pode ver. Não sei a quem posso recorrer para falar sobre isso que está me preocupando...(83,3%)

--

"No entanto... Tenho que confessar que não me sinto a pessoa certa para abordar esse assunto com você."

A. Mas como eu posso me adaptar a essa "condição", se ninguém quer me dizer o que isso envolve? Foi você mesmo que disse para eu me esforçar com o Vladimir! O mais simples seria já entender a natureza da ligação que nos une.(33,3%)

B. Raphael, eu aprecio a sua compaixão, ela é preciosa na minha situação, mas não é o bastante, você entende?(66,7%)

--

"Eloise? Está tudo bem com você?"

A. Vai melhorar. Ainda não sei o que vou fazer com todas essas informações... vou pensar.

B. Digamos que você me disse coisas para refletir. Em todo caso, obrigada.(100%)



Vladimir

"[...] Você ainda não tem consciência, mas quanto mais a ligação se reforçar entre nós, mais vamos compartilhar esse tipo de coisa."

A. Sério? Eu não sabia! É... Não sei se acho isso bom ou não...(100%)

B. Eu espero que o fato de estar ligado a alguém tão insignificante como eu não lhe cause náuseas em excesso.

--

"Bem. O que a senhorita poderia ter de tão importante para me perguntar para ter que ir até o meu quarto?"

A. Fiquei pensando no que tinha acontecido na outra noite. Quando você... Quando você me mordeu. Eu não tinha entendido que a nossa "ligação" implicava nesse tipo de coisa, você compreende?(16,7%)

B. Por que, para você, eu preciso ter um objetivo especifico para vir falar com você? Eu poderia simplesmente querer que a gente se entendesse melhor e se conhecesse mais!(83,3%)

--

"Posso aceitar isso. Mesmo que pareça que você esteja se “habituando” com bastante facilidade a certos colegas."

A. Desculpa? Você está falando do Aaron?(50%)

B. Escuta, se você está falando do Beliath, eu sei que nesta mansão vocês não são os melhores amigos, mas ele sempre foi cordial comigo.(33,3%)

B. Desculpa? Você está falando do Raphael?(16,7%) (essa opção pode aparecer só para algumas pessoas)

--

Se respondeu "Desculpa? Você está falando do Aaron?":
([...] Agora ele não tira os olhos de mim.)
A. O Aaron sempre falou bem de você, acho uma falta de educação ficar me criticando ou então criticá-lo por causa do tempo que ficamos juntos.(16,6%)
B. O Aaron foi atencioso comigo desde que cheguei, você sabe, isso me ajudou a me acostumar com a mansão.(50%)

--

A. Acho uma falta de educação ficar vigiando as pessoas com quem eu falo ou deixo de falar.

B. Eu considero-o uma pessoa interessante e agradável.(100%)

--

A. Sinto muito, sinceramente. Acho que não tenho mais nada para dizer. Não tenho razão. Sinto muito por ter mentido para você(33,3%)

B. Eu disse isso para não despertar ainda mais a sua raiva. Eu sabia que você ficaria furioso quando soubesse, isso me pareceu... a melhor cousa a ser feita naquele momento.(33,3%)

--

"[...] O seu sangue... como dizer sem te deixar espantada ou então se entender... A senhorita não é uma vampira..."

A. Mesmo assim eu gostaria de entender... Por favor... acho que já é tempo para entender melhor o que nos une.(100%)

B. Sinto muito, mas é verdade que se você puder... evitar os detalhes muito... precisos desse assunto... Eu agradeceria.

--

(E... E não consigo parar de escutá-lo.)

A. (Eu nem tenho vontade de interromper. É a primeira vez que vejo o Vladimir tão calmo, tão... apaixonado. E é de mim que ele está falando...! É... Não esperava por isso.)(100%)

B. Eu... Sério? Mas... Tudo o que você está dizendo... Como o meu sangue pode ser tão...

--

(Fui pega desprevenida e, aparentemente, ele também)

A. Colocar a mão sobre o braço dele.(83,3%)

B. Manter distância(16,7%)

--

"[...] Ainda menos entre um cálice e o seu vampiro."

A. Por que você... Você quer me morder mais uma vez? Eu não... E se eu não quiser?

B. Mas... você tem certeza que... Escuta, eu não quero sentir dor de novo, e...(100%)



Ilustração

Navegação

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.