FANDOM



Capitulo 2 - Vladimir Capítulo 4 - Vladimir

Rose


Vladimir
Capítulo 3








Avatar-vladimir-profil


Separateur


Lançamento do capítulo: 20/11/2019

Valor de PA gasto (média): 15.780 Coin Vladimir

Personagens que aparecem no capítulo: Aaron, Beliath, Ethan, Vladimir.


Separateur

Sinopse

A mansão abre as suas portas e dois personagens peculiares lhe aguardam. O Moonlight Lovers chega às suas telas! Encontre os vampiros na web ou no celular.

IMPORTANTE!! As porcentagens apresentadas nas respostas foram tiradas de guias em que todas as pessoas conseguiram as imagens! Atualmente, foram utilizados 6 guias para fazer as margens. Nenhuma resposta consta como certa, apenas a porcentagem de pessoas que a escolheram e conseguiram a imagem.

Atenção: Segundo a FAQ do próprio jogo, tem o risco de você não ganhar a imagem em capítulos futuros; não estamos influenciando ninguém a dar estas respostas, são apenas dados que talvez ajudem a ganhar a imagem deste capítulo.

Guia de respostas

Aaron

"Que bom. Não é a manta do Vladimir que está nos seus braços? Você fez uma expedição punitiva até o quarto dele e pegou a manta como refém?"

A. Pobre dele, se fosse o caso! Mas não, não fui até lá raptar a manta para pedir um resgate. O Vladimir só me emprestou para que eu não ficasse com frio. (83,3%)

B. Nada disso! Foi ele mesmo que me emprestou para que eu não sentisse frio, eu não roubei nada! (16,6%)

--

"Você está certa. O Beliath conhece muita gente nos clubes e na região. Além disso, ele sai muito à noite. ENtão, ele faz uma seleção das últimas conquistas e das últimas pessoas que conheceu e... você imagina o resto."

A. Mas isso não incomoda o Vladimir? Não consigo imaginá-lo participando desse tipo de festa, para ser sincera. (100%)

B. E todos vocês participam dessas festas? Tenho a impressão de que isso não é necessariamente o que vocês preferem...

--

"E você gosta de festa?"

A. Digamos que é uma coisa que sempre me atraiu! (33,33%)

B. Não tenho certeza de gostar... (66,67%)

--

"Mas me diga uma coisa... Esse vestido é realmente muito bonito. Você está querendo agradar alguém em especial...?"

A. Hum... Se eu te disser, você promete que não conta para ninguém? (66,67%)

B. (Prefiro que ninguém fique sabendo, é um assunto meu... Mesmo que eu ache o Aaron simpático, nunca se sabe.) (33,33%)

--

(...)

A. (Eu cheguei de braços dados com o Aaron.) (16,6%)

B. (Eu cheguei depois do Aaron.) (83,3%)



Beliath

"Você está sabendo? Não me diga você está chateada? É claro que eu ia te convidar, eu não sou um grosseirão! Como esquecer o único resquício de delicadeza que subsiste nesta mansão de brutamontes? Excetuando a minha pessoa, obviamente!"

A. Beliath, pare com esse teatro por um minuto! Isso tem a ver com a mansão e, acredite em mim, acho que isso vai te interessar. (33,33%)

B. Ah, Beliath! Eu imaginava que você fosse apreciar a “delicadeza” com que eu esperava abordar esse assunto que interessa a nós dois. (66,67%)

--

"Você deve ser mais uma perdida, é raro, mas isso já nos aconteceu algumas vezes desde que nos instalamos aqui."

A. Você pode ser sutil e refinado, mas será que não falta em você um pouco de curiosidade? (50%)

B. Ser tão pouco curioso a meu respeito pode ser hoje prejudicial a você, Beliath. (50%)

--

"Vou me lembrar disso... você tem mesmo uma bendita personalidade! Você sabe, não é?"

A. É a primeira vez que eu deixo você irritado, eu acho. Ou que consigo te deixar sério por mais de alguns minutos. (100%)

B. E na sua boca, o que isso quer dizer?

--

"Aaron, se você está me dando lições de boas maneiras, é que a situação está realmente grave! Em todo caso, aproveite bem a noite, Eloise. A noite só está começando!"

A. (Vou aceitar, a final de contas, é a primeira vez que estou vendo tanta gente reunida depois de semanas, posso aproveitar um pouco!) (33,33%)

B. Obrigada, mas eu prefiro não beber agora, não estou habituada. Quem sabe mais tarde? (66,67%)



Eloise

(O que eu posso fazer?)

A. (Se bem que não me incomoda que ele ande livremente pela mansão.) (100%)

B. (Eu não confio nele, eu prefiro que ele não aonde sozinho pela mansão.)

--

(E... Eu tenho que ser honesta comigo mesma.)

A. (Gostaria de mostrar um outro lado para o Vladimir.) (100%)

B. (Gostaria de mostrar um outro lado meu para todos os outros.)

--

(Vamos pensar então. Tenho várias possibilidades diante de mim.)

A. (Eu vou ajeitar o vestido para deixá-lo mais elegante.) (100%)

B. (Eu vou ajeitar o vestido para deixá-lo mais discreto.)

C. (Eu vou ajeitar o vestido para deixá-lo mais sexy.)

--

"...O contrário do que muitas vezes senti com o Vladimir..."

A. (No final das contas, eu tenho toda a noite diante de mim e eu também tenho o direito de me divertir um pouco. Espero que isso não deixe o Vladimir ofendido, mas...)

B. (Até que eu estou com vontade de dançar, mas não com ele.) (100%)

--

(...)

A. Espere aí, vocês não vão me despachar assim, sem me explicar nada... (33,33%)

B. (Não tenho nem mais força para protestar... Se eu soubesse como essa festa ia terminar...) (33,33%)

C. (Não consigo mais me mover! Não posso tirar os olhos dessa jovem...) (33,33%)



Vladimir

"Você acordou? Melhor ainda, o sol vai nascer dentro de uma hora, ficaria incomodado se tivesse que ir sem ter a certeza de que você não quebrou a cabeça. Como você esta se sentindo?"

A. Já tive dias melhores... Estou com a sensação de que a minha cabeça vai explodir. Você não está com frio? (33,33%)

B. Não aguento mais, a minha cabeça parece que está espremida dentro de uma caixa de som, mas isso vai melhorar, vou sobreviver. Sou mais forte do que pareço... Mesmo que eu tenha que reconhecer que ainda estou sentindo um pouco de frio. (66,67%)

--

(E... Acho então que vamos ter que falar da... minha reação...)

A. Vladimir... Será que você gostaria que a gente falasse do que... Enfim, você sabe... do que aconteceu? (100%)

B. (Será que eu devo tocar no assunto já nesta noite? Ele não está com cara de quem está com muita raiva. Estou sentindo minha cabeça como que partida ao meio e não estou com vontade de recomeçar a brigar...)

--

"Deixei o Ivan trancado dentro do quarto dele, para que pudesse se acalmar e trouxe a chave do quarto comigo. Foi uma decisão mais sensata do que eu imaginava, visto o estado em que te encontrei aqui. Acho que ele não deve estar se sentindo muito bem agora..."

A. Fico feliz em saber que você se preocupou tanto com o estado do meu agressor. Será que eu devia dizer, por trás da porta algumas palavras para fortalecer o Ivan? (66,67%)

B. Você está falando dele como se fosse uma pessoa vulnerável, E sinceramente não foi a impressão que tive, quando ele se encontrou comigo e me atacou! (33,33%)

--

"São coisas que você não pode entender. Não considere isso uma crítica, é um fato. Você não tem ideia do que podemos sentir quando caímos nesta existência."

A. O quadro que você está me apresentado parece ser bem sombrio. Mas é justamente isso... Você não fica incomodado de ter que cuidar de alguém tão pouco... confiável? (50%)

B. Você se reconhece tanto assim no Ivan? Ele parece tão mais... incontrolável do que você. (50%)

--

"Nós temos regras e aqueles que as desrespeitam... não aguentam por muito tempo. E não quero que o Ivan tenha esse destino."

A. Oh... Não imaginava que isso pudesse ser tão... difícil. Ou existissem pessoas do seu "tipo" que fossem violentas. Você já encontrou alguma? (66,67%)

B. Nem imaginava que vocês fosse tão numerosos para que pudessem existir esse tipo de "fratura" no grupo de vocês... você já encontrou esse tipo de vampiro? (33,33%)

--

"O Ivan é justamente um produto do mundo moderno. Espero, então, que essa sua violência desapareça sem maiores dificuldades e que possa finalmente conhecer a paz."

A. Talvez, você não goste da minha observação... mas acho você muito otimista. Vindo de você, isso me surpreende.

B. Escuta, talvez eu não esteja na melhor situação para dizer isso, mas... não teria um jeito... de ajudá-lo? Ou, pelo menos, fazer com que a minha presença fosse mais "tolerável" para ele? (100%)

--

"Talvez eu chegue lá. Mas enquanto isso, vou ter que deixar você agora e não estou gostando de ainda estar sentindo frio. Como você está?"

A. Mais ou menos como estava ainda há pouco, tenho certeza de que peguei alguma coisa.

B. Vou melhorar, pode ficar tranquilo. Já fiquei pior do que isso na vida. (83,33%)

C. Estou ótima, pode ficar tranquilo. (16,67%) --

"(...)"

A. (O que ele acabou de fazer? Eu...) (83,33%)

B. Eu... Desculpa, mas posso perguntar o que você acabou de fazer? Você ainda pouco não estava se aguentando mais?

C. Ei... Você sabe ser delicado quando quer. (16,67%)

--

(Recomponha-se! Você o vê todos os dias! Por que você está tão nervosa?)

A. Estava achando que você não vinha. Estou... feliz em ver você. (83,33%)

B. Estava justamente me perguntando se você iria aparecer, estou começando a perceber que você gosta da tranquilidade. (16,67%)

C. Eu não imaginava ver você aqui, parece que você não é tão fã desse tipo de festa.

(Com o Karl)

"Meu nome é Karl. Com licença, Vladimir, mas não sei por onde começar, mas... voc~e sabe que hoje não era uma festa a fantasia, não é?"

A. (Mas qual é o problema? Quem ele pensa que é?) (50%)

B. O Vladimir tem o hábito de se vestir assim, por que isso te incomoda? (33,33%)

C. (Isso não! É impossível ser tão grosseiro!) (16,67%)



"(Tudo está explicado! Então, é por isso que eles não tomam nenhuma precaução essa noite: eles debocham do número de convidados e de como eles se comportam, e eles não vão se lembrar de nada!)"

A. Isso é repugnante! Como você pode apoiar isso?!

B. É o que você pretendia fazer comigo, na noite em que eu cheguei á mansão? (16,67%)

C. Vladimir, olha em volta de você, por favor! Eu agora já te conheço bastante para saber que você não sta de ver as pessoas sofrerem. (83,33%)

--

"Não importa o que você sente, afaste-se dessa porta!"

A. Você sabe fazer outra coisa além de ficar berrando?!

B. Que assim seja, quero obedecer, mas será que poderia me dizer por que você está nesse estado? O que tem atrás dessa porta? (50%)

C. Tudo bem, tudo bem, fique calmo, você está vendo? Estou me afastando! Tudo certo? (50%)

--

"Vou voltar pra lá, não quero deixar os outros sozinhos por muito tempo."

A. Escuta... Pode parecer idiota dizer isso, mas... Tome cuidado, certo? (100%)

B. (Não... É melhor não ser ridícula, ele é bem grande para saber que é melhor ser prudente com um assassino á solta.)

C. Por acaso você tem uma ideia de quem poderia ter...



Ilustração

Navegação

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.