Wiki Moonlight Lovers
Advertisement


Capítulo 3 - NeilCapítulo 5 - Neil

Rose.gif


Neil


Capítulo 4


NeilAvatar.jpg


Separateur.png


Lançamento do capítulo: 12/10/2021

Valor de PA gasto (média): 7,520 Neil-PA.png

Personagens que aparecem no capítulo: Aaron, Ethan, Ivan, Neil.


Separateur.png


Sinopse[]

“Você decidirá o lugar da caça, a estratégia e a vítima. Espero que eu tenha razão em confiar em você...”

A caça começou! O Neil está contando com você!

Guia de Respostas[]

IMPORTANTE!! Estarão sinalizadas as respostas seguindo o guia criado pelo Tumblr @tetrakys10 [1]. Segundo a FAQ do próprio jogo, tem o risco de você não ganhar a imagem em capítulos futuros caso opte por não seguir este mesmo guia do início ao fim. Não estamos influenciando ninguém a dar estas respostas!


Aaron[]

Por que você veio para cá, Eloise? Não foi o suficiente?

A. O Neil não devia ter dito o que disse.

B. Vim ver como você estava... O Neil não foi muito gentil com você.

C. Não sabia que você era tão sensível.

--

E eles, pelo contrário, se identificavam como completos, totais, absolutos... lomlán.

A. Entendo melhor porque você não gosta dessa palavra!

B. Que horrível!

C. Então, o Neil não é tão diferente de vocês...

--

Hmm... Por que não, Aaron. Posso tentar.

A. Para provar que eu sou capaz.

B. Se isto pode ajudá-lo... Eu posso tentar.

C. Não acho que seja a pessoa indicada para isto...

--

Ah! Ela chegou... O treino poderá começar. Vamos para o jardim...

A. Se vocês preferirem...

B. Sabe, não é um espetáculo. (Guia Tetrakys10)

C. Por que não no telhado?


Eloise[]

Eu fingi que estava reclamando para apaziguar a minha consciência, mas no fundo, eu estava bem contente em ter um pretexto para ficar.

A. (Se eu estou ajudando, é só para retribuir.)

B. (Se estou ajudando, é porque não sou como os meus pais.)

C. (Estou ajudando... Porque isto nos deixa em pé de igualdade.) (Guia Tetrakys10)

--

Se respondeu "Então é melhor ficar aqui."
(...)
A. (Posso tentar paquerá-lo).
B. (Posso perguntar as horas.)
C. (Posso fingir que o Neil está passando mal...) (Guia Tetrakys10)

--

(Bom... O que vou tocar?)

A. (Uma melodia melancólica. Afinal, é como me sinto.)

B. (Uma melodia alegre. Para me dar energia.)

C. (Uma música forte, grandiosa. Precisa ter efeito!) (Guia Tetrakys10)

--

(Hmm... Está vindo de baixo. Será que vou ver? Que preguiça... Mas por outro lado...)

A. (Vamos... Vou me motivar. Talvez seja importante.)

B. (O dia foi feito para dormir. Não vou me levantar, nem adianta.) (Guia Tetrakys10)

C. (Se eles precisarem de mim, eles me chamarão...)

--

Os outros viam o Neil como um ser sanguinário e eu sabia que ele tinha matado meus pais. Mas eu não conseguia reconciliar esta imagem com a ideia que eu tinha dele.

A. (Por que estou ligada a ele?)

B. (Eu deveria detestá-lo... Isto não faz sentido.)

C. (Não estou nem aí para o passado. O que conta é o presente.) (Guia Tetrakys10)

--

Se escolheu "Eu posso ensiná-lo a passar despercebido."
Eu ouvia o Ivan ofegante. De um canto do olho, eu vi que ele começou a tremer.
A. (Se ele quiser aprender algo, ele precisa aguentar. Vamos continuar.) (Guia Tetrakys10)
B. (Não podemos parar agora, mas vou diminuir o ritmo.)
C. (Estou com medo dele passar mal. É melhor parar.)

--

(Pense, Eloise... Pense! Você precisa mudar de tática. Assim não funciona.)

A. (Preciso parar de pensar. Tomá-lo de surpresa.)

B. (E se eu me concentrasse em sua aura?) (Guia Tetrakys10)

C. (E se eu conversasse com ele... Para distraí-lo?)


Ethan[]

Eu tô vendo que a sua cara está queimada, Ivan. Francamente, estou de saco cheio de ser a babá dos vampiros novinhos.

A. Ninguém pediu a sua opinião!

B. É só o Ivan...

C. Eu só quis ajudar!

--

Nem me diga. Está começando a ficar lotado, por aqui.

A. Podemos encontrar soluções para este problema... (Guia Tetrakys10)

B. É bom para poder conversar!

C. Se você não estiver feliz, pode ir catar coquinhos, se quiser.


Ivan[]

Eu sei, Vlad, eu sei. Dissemos que não as traríamos para cá. Mas foi para o Neil, para mostrar a ele que eu não era um incapaz.

A. Eu não sabia que eu me parecia com o Vladimir...

B. Trazer quem?

C. Você não precisa provar nada para o Neil, sabia?

--

Mas não deu certo, como tudo o que eu faço. Ela foi embora quando eu insisti para ela entrar. Foi ela que você ouviu.

A. Você não se cansa de aterrorizar os outros?

B. Ainda bem que ela foi embora...

C. Eu tenho certeza de que você não é um fracasso em tudo!

--

Não é da sua conta...

A. Você tem razão. Afinal, não estou nem aí.

B. Não seja bobo, deixe-me ajudá-lo.

C. É um pouco... Afinal, vivemos sob o mesmo teto...

--

Nada... Absolutamente nada. Não é, Eloise?

A. O Ivan quis trazer alguém e queimou no sol.

B. Nada que seja da sua conta, Ethan. Isso é entre o Ivan e eu.

C. Absolutamente nada. Nada.

--

Não! Não quero caçar sem o Aaron. Não depois de ontem. Tenho muito medo de não conseguir me controlar ou de ter uma ideia estúpida.

A. Você não vai aprender se ficar sem fazer nada! (Guia Tetrakys10)

B. Eu entendo. É uma decisão sábia.

C. Não concordo. Mas você decide. Eu respeito sua decisão.

--

Você tem outras coisas para me ensinar, não? O Neil deve ter lhe mostrado algumas coisas.

A. Eu posso ensiná-lo a passar despercebido. (Guia Tetrakys10)

B. Posso ensiná-lo a identificar um vampiro.

C. Podemos lutar, se você quiser.


Neil[]

Preciso ir. Vamos entrar.

A. É verdade, a luz está mais forte.

B. O que você está escondendo? (Guia Tetrakys10)

C. Você não quer aproveitar um pouco mais?

--

... Droga...

A. Você quer ajuda?

B. Foi a luz do sol que o deixou nesse estado?

C. Você quer sangue fresco? (Guia Tetrakys10)

--

Ainda não restabelecei todos os meus poderes, apesar de, às vezes, eu me esquecer deste fato...

A. Ainda dá tempo de ir caçar...

B. Em breve, você estará completamente curado. (Guia Tetrakys10)

C. Você quer que eu vá caçar para você?

--

Não é negociável. Você mal consegue ficar de pé.

A. Você cuida de mim, é normal que eu faça o mesmo. (Guia Tetrakys10)

B. Eu estou em forma. Sou eu quem cuidarei de você.

C. Não vou abandoná-lo sozinho aqui!

--

E aqui estou, três noites depois, apoiando-me em uma vampira jovem eu eu devo formar.

A. Na vida, nem sempre as coisas acontecem como desejamos.

B. Você ainda está se recuperando!

C. Em uma parceria com quem você pode contar. (Guia Tetrakys10)

--

Não tem ninguém... Ainda bem. Não teria suportado se os outros me vissem assim.

A. Você tem medo de sentirem pena de você?

B. Mas todo mundo fraqueja.

C. Você não quer que eles pensem que você é fraco. Eu entendo. (Guia Tetrakys10)

--

Seus olhos estavam entreabertos e seu olhar, perdido no vazio. Pela primeira vez, eu o vi desarmado.

A. Posso ajudar com mais alguma coisa?

B. Você ficará bem?

C. Descanse. (Guia Tetrakys10)

--

Eloise... Você já está aqui? Já é noite?

A. Sim. Vim ver como você estava.

B. Na verdade... Eu nunca fui embora.

C. Está na hora de você se alimentar. (Guia Tetrakys10)

--

Sim, só conseguirei retomar forças com o sangue de um ser vivo.

A. Mas está claro que você não conseguirá ir para a cidade sozinho. Eu vou ajudá-lo.

B. Eu queria sair da mansão. Virei com você.

C. Perfeito, preciso treinar a caça! (Guia Tetrakys10)

--

Neil... Estava pensando... Acho que é melhor eu tomar iniciativa da caça.

A. Você não está em condições de fazê-lo.

B. Assim, poderei treinar. (Guia Tetrakys10)

C. Para variar.

--

Caso passou no pântano antes de ir para a cidade:
(Por que estou pensando nisso? Droga! O que posso dizer?)
A. Era um teste. Queria saber se você estava me seguindo. (Guia Tetrakys10)
B. Você não queria vir para cá? Achei que sim...
C. Eu queria fazer um balanço da situação antes de chegarmos na cidade.

--

Você se lembra dos meus conselhos, da última vez?

A. Sim, sim. Não se preocupe. (Guia Tetrakys10)

B. Isolar uma presa?

C. Identificar uma presa sem pressa?

--

Eloise? Você estava perdida nos seus pensamentos. Não tem muita gente, mas alguém acabará passando por aqui...

A. Então é melhor ficar aqui. (Guia Tetrakys10)

B. É melhor irmos ao Moondance. Será estranho, se ficarmos aqui sem fazer nada.

C. Vamos para um lugar mais agitado. Teremos mais escolha.

--

Eu distinguia o prazer do Neil que retomava suas forças aos poucos da energia vital da mulher que desaparecia.

A. Neil... Você deveria parar.

B. Continue, Neil. Você ainda precisa de energia. (Guia Tetrakys10)

C. Você já bebeu o suficiente? Vou deixá-lo decidir.

--

Até o momento, não tivemos acesso às falas que levam a estas opções ou as que as acompanham. Porém, como ela está no guia da Tetrakys10, elaa estará aqui sozinha até que possamos completar.

B. Parece que você o sugou. (Guia Tetrakys10)

--

Eloise... preciso agradecê-la. Eu estou me sentindo melhor e é graças a você. Obrigado.

A. De nada! É normal!

B. Dá para ver, você está em forma!

C. Então, no final das contas, eu até que não sou tão desajeitada... (Guia Tetrakys10)

--

Hoje, foi diferente. Primeiro, pelo fato de caçarmos para você.

A. Foi incrível! (Guia Tetrakys10)

B. Acho que posso me acostumar com isso.

C. Foi necessário. Era preciso fazê-lo.

--

Mas eu fiquei pensando... A pessoa... Ela desmaiou.

A. Não teremos nenhum problema?

B. Você acha que ela ficará bem?

C. Você bebeu todo o seu sangue? (Guia Tetrakys10)

--

(...)

A. Então, não machucamos ninguém, na verdade...

B. Quando ela vai embora? O que quer dizer com isso?

C. Vaga, porém presente...Isto é perigoso para nós, não?

--

Sim. Nunca disse o contrário.

A. Mas é horrível!

B. Você tampouco o disse claramente... Isto se chama mentir por omissão.

C. Você poderia tê-lo dito claramente. Você teve medo que eu me assustasse? (Guia Tetrakys10)

--

Todas as criaturas se alimentam para sobreviver. Casa ser é por vezes presa, por vezes predador.

A. Enfim, não há nada que a obrigue a beber todo o sangue até matá-los.

B. Não é porque sempre foi assim que as coisas não podem mudar!

C. O ciclo da vida... Eu entendo. (Guia Tetrakys10)

--

Os humanos são as vítimas dos vampiros por natureza. Não adianta querer lutar contra um fato inevitável.

A. Precisamos aceitar quem somos, assumir nossa condição. (Guia Tetrakys10)

B. Não me parece tão obrigatório assim...

C. Mas eu me recuso a matar alguém!

--

A maneira como você aceita o seu destino, como você acolhe o que se tornou é o que a torna diferente destas criaturas desprezíveis.

A. É graças a você, aos seus ensinamentos.

B. Você conhece o mundo da noite perfeitamente. É normal que eu o ouça.

C. Não estou acostumada a aceitar e fazer o que os outros mandam! (Guia Tetrakys10)

--

Alguém que teria matado uma moça se não estivéssemos presentes para consertar seus erros...

A. É verdade... (Guia Tetrakys10)

B. Neil! Não seja desagradável!

C. Nós todos dependemos de alguém...

--

A Eloise também está aprendendo. Mas ela não é patética.

A. Faço o que posso.

B. Enfim, nem sempre é o sucesso...

C. Eu me recuso a fazer papel de idiota! (Guia Tetrakys10)

--

Mas eu não sei se você chegará à sua altura. Não sinto o mesmo potencial em você.

A. É porque eu faço esforços!

B. Não dá para se tornar vampiro, ou você é ou não é, simples assim. (Guia Tetrakys10)

C. Mas você tampouco está lhe dando uma chance...

--

Além disso... Ela é naturalmente mais forte que o seu pequeno protegido.

A. (Eu me sinto muito mal pelo Ivan... E até pelo Aaron.)

B. (Eu fico feliz que o Neil esteja orgulhoso de mim...) (Guia Tetrakys10)

C. (Não gosto de confrontos abertos assim... Sempre me sinto constrangida.)

--

(...)

A. E por que já não é o caso?

B. Você faz parte de uma linhagem real! (Guia Tetrakys10)

C. Você escravizou alguém?

--

Os iomláns pereceram pouco a pouco, ou se esconderam no mundo dos homens, exercendo seus poderes de outra forma.

A. Eu entendo o porquê das hostilidades. Vocês têm uma história complicada.

B. Eu entendo melhor a que ponto você é diferente dos outros! (Guia Tetrakys10)

C. As coisas evoluíram! E talvez seja melhor assim!

--

Agora é com você, minha aprendiz vampira... Não me decepcione.

A. Prometo! (Guia Tetrakys10)

B. Nenhuma pressão, maravilha...

C. Farei o que puder!

--

A situação não é estável. Eu sinto que ela poderia se descontrolar. E se as coisas se envenenarem, eu não quero que você esteja à sua mercê.

A. Eu não desistirei sem lutar! (Guia Tetrakys10)

B. Você realmente acha que poderíamos chegar a esse ponto?

C. Eu tenho certeza de que eles não me machucariam.

--

E enfrentar um vampiro não é como brigar com um humano...

A. Não quero aprender a lutar.

B. Eu posso tentar conversar... Verei o que acontece.

C. Imagino que tenha muito que aprender! (Guia Tetrakys10)

--

Enfim, você aprendeu o princípio fundamental do combate. Acima de tudo, você precisa estar no momento presente, explorar as fraquezas do seu adversário.

A. Já sei o suficiente, podemos parar.

B. Vamos recomeçar? (Guia Tetrakys10)

C. Pelo visto, eu conheço as suas!

--

Seus lábios mal tocara a minha pele e um arrepio se espalhou por todo o meu corpo.

A. Um beijo na mão... Nunca fizeram isso comigo...

B. Normalmente, não seria eu quem deveria estender a mão? (Guia Tetrakys10)

C. Eu... Obrigada.

Ilustração[]

Navegação[]

Advertisement