Wiki Moonlight Lovers
Advertisement
Wiki Moonlight Lovers

Capítulo 6 - EthanCapítulo 8 - Ethan

Rose.gif


Ethan
Capítulo 7
EthanAvatar.jpg


Separateur.png

Lançamento do capítulo: 19/01/2021

Valor de PA gasto (média): 9,040 Ethan-pa.png

Personagens que aparecem no capítulo: Aaron, Beliath, Ivan, Ethan, Raphael, Vladimir.


Separateur.png

IMPORTANTE!! Estarão sinalizadas as respostas seguindo o guia criado pelo Tumblr @tetrakys10 [1]. Segundo a FAQ do próprio jogo, tem o risco de você não ganhar a imagem em capítulos futuros caso opte por não seguir este mesmo guia do início ao fim. Não estamos influenciando ninguém a dar estas respostas!

Sinopse

O Ethan desabou no chão como uma estátua de neve que derrete no sol...

Corra lá para descobrir a continuação da rota do Ethan!

Guia de Respostas

Aaron

Boa noite, Eloise. Não achei que a encontraria aqui, mas estou feliz em vê-la. Como você está?

A. Estou com saudades do Ethan, mas nada sério.

B. Estou ótima.

C. Por enquanto, estou bem. (guia tetrakys10)

--

Podemos dizer que sim. Eu também me pergunto o que acontecerá quando ele voltar, como ele voltará para o nosso grupo.

A. Ele não partiu para ir contra vocês, nem contra mim. Ele partiu por ele. (guia tetrakys10)

B. Ele se sentirá melhor quando voltar, tenho certeza.

C. Veremos. Não previmos nada.

--

[(...) Todas aquelas atrocidades.]

A. Você sabia que ele foi soldado durante a Segunda Guerra Mundial?

B. Eu entendo que isto ainda o persiga. (guia tetrakys10)

C. Isso explica seu gênio.

--

(Jura? Talvez isso se desenvolva com o tempo, por que por enquanto, eu não sinto nada.)

A. Eu realmente não faço ideia.

B. Não é nem um pouco o nosso caso.

C. Eu tenho certeza de que tudo ocorrerá bem. (guia tetrakys10)

--

Nada mal para uma iniciante. Você tem a postura certa, o resto é uma questão de prática.

A. Você teria algum conselho na hora de atirar?

B. E o que eu devo fazer para não correr o risco de me machucar? (guia tetrakys10)

C. O que mais você poderia me ensinar?

--

Então, o que você achou da sua primeira sessão de tiro?

A. Foi estranho... Não sou acostumada a sentir este tipo de sensação.

B. Eu me sinto menos... Fraca. E eu gosto disso. (guia tetrakys10)

C. Eu acho que não é a minha praia. Mas talvez eu tente novamente.


Beliath

Como todos nós, principalmente a Eloise, pelo o que eu entendi.

A. (Sim... Não vejo a hora de conversar com ele.) (guia tetrakys10)

B. (Bem ou mal, eu não estou nem aí.)

C. (Se eu soubesse o que estou sentindo, seria óbvio.)


Eloise

(Bom, então... O que eu sei sobre ele? Ele vem de um país do norte da Europa. Mas qual?)

A. A Finlândia. (guia tetrakys10)

B. A Noruega.

C. A Suécia.

--

(Também sei que ele era médico... Mas o que mais eu sei sobre isso?)

A. (Ele se formou com menção honrosa pela Universidade de Helsinque.)

B. (Ele nunca terminou os seus estudos. Não pôde.) (guia tetrakys10)

C. (Seus pais preferiam que ele se tornasse professor, mas ele os desobedeceu.)

--

(Quando ele me contou sobre suas crises, ele também disse que participou da "segunda" Guerra Mundial. E ele tinha murmurado outra coisa... Esperando a próxima, eu acho. Enfim...)

A. (Em um hospital de campanha. Ele cuidava dos soldados que eram retirados do campo.)

B. (Médico de urgência. Sua missão era cuidar dos feridos o mais rápido possível.) (guia tetrakys10)

C. (Não. Ele era soldado. Ele ajudava seus colegas, mas não tinha nenhuma função especial.)

--

(...)

A. (Recomponha-se! Vamos, levante! Força!) (guia tetrakys10)

B. (Não se mova... Respire, vai passar.)

C. (Primeiro, assoar o nariz, depois veremos. Uma coisa de cada vez.)

--

(Ethan... Será que ele morreu? Será que foi isso que eu senti? Ou será que foi outra coisa?)

A. (Se eu pudesse me libertar... Eu ficaria tão feliz...)

B. (Não... Não é possível. Ele ainda está vivo.)

C. (Espero que ele esteja bem e que nada tenha acontecido com ele.) (guia tetrakys10)

--

[(...) mirando a espada na minha barriga.]

A. (À direita!)

B. (À esquerda!)

C. (Defender!)

--

(...)

A. (Se eu não for realmente o cálice dele, talvez ele não precise de mim...)

B. (Se não estivermos ligados, será mais fácil me livrar dele.)

C. (Quer dizer que poderemos ficar completamente em pé de igualdade.) (guia tetrakys10)

--

[Eu quero saber... E eu o conheço, se você comer, você sairá sem me dizer nada depois. Então, não. De jeito nenhum. Se você quiser comer, terá de me contar, simples assim.]

A. (Ele precisa aprender a confiar em mim.)

B. (Preciso saber. Para saber como reagir, o que devo fazer...) (guia tetrakys10)

C. (Além do mais, ele pode esperar mais cinco minutos.)

--

(...)

A. (Tenho vontade de abraçá-lo...) (guia tetrakys10)

B. (Não quero tocá-lo neste estado.)

C. (Eu poderia acariciar seus cabelos.)

--

[O Ethan permaneceu imóvel por um instante enquanto retomava o fôlego e acalmava sua respiração. Depois, ele se levantou e saiu do banheiro sem me dizer uma palavra. Eu não tentei detê-lo. Não era a hora.]

A. (Tudo que soube... Preciso de tempo antes de saber como usá-lo.)

B. (Ele precisa de tempo... E eu também. Há muito o que processar.)

C. (Depois de uma história dessas, acho que também preciso ficar sozinha.) (guia tetrakys10)

--

[(...) mas ele conseguiu escapar...]

A. (Que horror...) (guia tetrakys10)

B. (Ele está longe de ser a vítima dessa história.)

C. (Eu não sei o que fazer... É tão complicado.)

--

[Ele vinha do cômodo do lado. Imaginando que fosse o Ivan, eu me aproximei, mas antes de abrir a porta, eu reconheci as vozes do Beliath e do Ethan. Por que ele ainda estava acordado?]

A. (Ele está de brincadeira! Ele vai me ouvir...)

B. (Eles parecem estar conversando. É melhor eu estar presente.) (guia tetrakys10)

C. (Se eu ficar aqui... Eu poderei ouvir o que eles estão dizendo...)

--

[Sem nenhuma explicação, ele foi embora como um raio eu colocava minha dama na mesa com cuidado.]

A. (Esse aí não sabe perder! Nunca vi ninguém assim... A não ser eu. Talvez. Às vezes... Hum. Enfim.) (guia tetrakys10)

B. (Ele pode ter desabafado, mas está pior do que antes!)

C. (Ele remexeu em tantas coisas nesses últimos dias... São tantas lembranças voltando à superfície.)


Ethan

Sim... Sou eu. Voltei. Você sentiu a minha falta?

A. Não achei que você fosse voltar hoje.

B. O tempo passou devagar...

C. Você fez o que queria fazer? (guia tetrakys10)

--

Droga... Não dá para deixar um cálice ser vigiado por algumas horas sem que ela faça alguma merda. Saatana...

A. Eu não sei o que você fez durante todo esse tempo, mas parece que você não aprendeu a ser educado.

B. Eu não disse nada além do necessário. Já que você não o fez. (guia tetrakys10)

C. Espero que você saiba que você não controla as minhas palavras...

--

O que você está fazendo aqui? Já disse que a veria amanhã. Você viu que horas são?

A. Eu achei que seria bom se trocássemos duas ou três palavras sozinhos.

B. Eu achei que você tinha falado aquilo por que estava irritado. (guia tetrakys10)

C. Você não queria comer? Eu achei que...

--

(...) Mas primeiro, preciso me alimentar.

A. (Bom, ele não está de mau humor, não vou provocá-lo mais.)

B. (É bom ele cumprir a promessa...) (guia tetrakys10)

C. (Ele nem protestou.)

--

Eu fui de carona até a Alemanha e, francamente, não foi fácil. Mas bom, é melhor para um vampiro do que o trem ou um avião.

A. Para que não o vejam, é isso?

B. Você sabe que essa não era a minha pergunta, não é?

C. Eu não sabia que um vampiro podia se sentir enjoado com os transportes. (guia tetrakys10)

--

Você foi para a Alemanha. É o que você disse? Mas... Eu achei que você fosse Finlandês.

A. Você fazia parte do exército do Hitler?

B. Por que você foi para a Alemanha? Você conhecia alguém lá?

C. Como você foi parar na Alemanha durante a guerra? (guia tetrakys10)

--

(Deve ter sido horrível, mas... Esse tom frio... Indiferente...)

A. E quando isso aconteceu?

B. Os Nazistas... Eles estavam na Finlândia porque era a guerra da continuação? (guia tetrakys10)

C. Ethan... Não consigo nem imaginar...

--

(Droga, se ele está dizendo isso, é porque quer se safar. Ele tentará ir embora sem me dizer mais nada... Não é possível.)

A. Diga-me... O que os alemães queriam com o sistema de perfusão?

B. Na verdade, não. Você não me disse onde exatamente. A Alemanha é um país grande. (guia tetrakys10)

C. Em 1943... Já era quase o fim da guerra...

--


Não consigo nem imaginar o que você viveu... Um centro de pesquisas... Eu não sabia que eles tinham isso, mas faz sentido.

A. Afinal, eu sei que eles fizeram experiências.

B. Eu li que a pureza da raça ariana era uma ideia estabelecida... (guia tetrakys10)

C. Pelo que sei, eles estavam fazendo pesquisas sobre bombas atômicas.

--

Às vezes, eles me batiam sem motivo. Às vezes, eu tinha uma porção a mais. Eu não entendia... Enfim, não durou muito.

A. Você disse que isso foi no início.

B. Agora eu entendo melhor por que você não estava bem.

C. Que estranho eles pedirem para você fazer isso. (guia tetrakys10)

--

Eles estavam testando em criaturas poderosas, que se regeneravam ao absorver o sangue de outros seres vivos. Ou seja, vampiros.

A. Eu achei que as criaturas míticas do imaginário nazista eram os lobisomens... (guia tetrakys10)

B. Eu não sabia que existia esse tipo de superstição...

C. Eles sabiam! Eles conheciam o mundo da noite! Você já era vampiro nessa época?

--

Pois é. Eu não sei se eles capturaram um vampiro vivo ou não, mas eles pareciam saber do que estavam falando. Além disso, eles queriam principalmente que eu criasse uma vacina ao mesmo tempo que o soro.

A. Como você fez as experiências?

B. E por que você o fez? Por que você obedeceu?

C. E você achava que era possível? (guia tetrakys10)

--

Nós só nos escondemos por trás da moral quando é interessante para nós, mas somos seres sanguinários, cruéis.

A. Você é um monstro!

B. Deve ter sido horrível ter vivido isso. (guia tetrakys10)

C. Eu não sou assim!

--

O garoto não olhava para mim, não me respondia. Passei o dia inteiro andando em círculos. Pensando. O que eu podia fazer? Como explicar para ele?

A. Você não temeu pela sua vida? (guia tetrakys10)

B. Você queria se redimir, não é?

C. Você pensou nas consequências?

--

Sua voz secou como uma fonte milenar de onde se tirou água demais. Seus ombros estavam curvados mas nenhuma lágrima escorria pelo seu rosto.

A. O que você fez?

B. Você conseguiu salvar a criança?

C. (É melhor eu me calar...) (guia tetrakys10)

--

Suas unhas fincavam sua pele como arrancá-la. E ele puxa os cabelos, arrancando tufos.

A. Ethan, está tudo bem... E-Eu estou aqui!

B. Respire, acalme-se. Respire e... Continue contando...

C. Acabou, Ethan! Acabou... (guia tetrakys10)

--

Você conhece a minha história. Eu nunca a tinha contado para ninguém. Mas isso não quer dizer que eu quero conversar sobre o assunto.

A. Eu entendo... Não direi nada. (guia tetrakys10)

B. Eu só queria que você soubesse que estou aqui, se você precisar de mim.

C. Talvez hoje, não. Veremos outro dia...

--

Você não me verá mais babando feito um cão raivoso, se é o que você quer saber. Eu acho que as crises passaram.

A. Que ótima notícia!

B. Você não parece ter certeza...

C. Nem encontrá-lo fritando no sol... (guia tetrakys10)

--

Que eu saiba, o médico aqui não é você. Além disso, são perguntas idiotas. Francamente, você acha que voltar para uma mansão e ficar aqui, trancado o tempo todo, em um lugar onde ninguém me suporta, é um prazer para mim?

A. Sabe, há pessoas que gostam de você, aqui. (guia tetrakys10)

B. Você realmente não sabe ver a vida de maneira positiva...

C. Eu não sabia que você gostava de viajar, viver sem laços...

--

Sim... Sim, por que não? O tabuleiro está ali, no canto. Você fica com as peças brancas?

A. Está bem.

B. Vou ficar com as pretas, para variar.

C. Ok. Como da última vez. (guia tetrakys10)

--

(...) Já vou avisando, é melhor você ir embora, eu não estou de bom humor.

A. Como sempre.

B. Eu realmente acho que não é por causa do Ivan, nem por causa da partida de xadrez.

C. É normal.

--

(...)

A. Se você acha que é melhor assim...

B. Boa noite, Ethan.

C. De jeito nenhum!


Raphael

(Não tinha pensado nisso... Não. Estranhamente, estou bem. Até que eu me sinto bem disposta.)

A. Devo confessar que me sinto bem relaxada...

B. Um pouco, acho, mas quase não sinto.

C. Não. Eu acho que tomamos a decisão certa. (guia tetrakys10)


Vladimir

(Ele não viu que eu estava chorando... Rapidamente, enxuguei minhas lágrimas.)

A. Por que você está o procurando?

B. Não, ele não está no Moondance.

C. Eu não sei exatamente onde ele está agora. (guia tetrakys10)

--

(Ele perceberá cedo ou tarde o que está acontecendo. Melhor que seja agora.)

A. Vladimir, você precisa saber. O Ethan partiu há alguns dias.

B. Ele não está aqui. Na verdade, a ideia foi minha...

C. O Ethan não aparecerá na mansão por um tempo. (guia tetrakys10)

--

(...) É completamente irresponsável!

A. Foi o Ethan que decidiu e eu apenas respeitei a sua decisão.

B. Tudo aconteceu rápido demais. Ele decidiu de última hora.

C. Eu tenho certeza de que tudo ocorrerá bem. (guia tetrakys10)

--

E estou começando a ficar de saco cheio!

A. É verdade que eu não ajudei muito. Prometo que me esforçarei.

B. Se você quiser, eu posso limpar.

C. E o Raphael, o que ele está fazendo? (guia tetrakys10)

Ilustrações

Navegação

Advertisement