Capítulo 7 - BeliathCapítulo 9 - Beliath

Rose.gif


Beliath
 
Capítulo 8
 
 
Avatar-beliath-profil.jpg


Separateur.png


Lançamento do capítulo: 15/04/2020

Valor de PA gasto (média): 16 260 Coin Beliath.png

Personagens que aparecem no capítulo: Beliath


Separateur.png

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A ligação que lhe une ao Beliath será forte o bastante para salvá-lo?

OBSERVAÇÃO: Por favor, pedimos que não marquem uma opção como correta sem que ela seja confirmada. Obrigado![editar | editar código-fonte]

Guia de respostas[editar | editar código-fonte]

Aaron[editar | editar código-fonte]

"E parece que você se tornou um elemento-chave."

A. A Leandra é que travou o combate mais difícil... Eu intervim por acidente e já no final. Eu nem entendi o que estava acontecendo.

B. Eu fui a primeira a me surpreender... Eu passei de um estágio em que eu não possuía nenhum poder específico para um outro no qual eu pude sentir o sofrimento do Beliath e a influência do agressor dele.

--

"... já que todo mundo estará alimentado. E depois vamos preparar o contra-ataque."

A. Mas você acha que a gente tem alguma chance, depois de todo esse poder que vimos? Não é suicídio querer enfrentá-lo?

B. Então nós vamos realmente fazer isso? Vamos persegui-lo para vencê-lo? Como é que vamos fazer isso?


Asmodée[editar | editar código-fonte]

"...Eu estou aqui para te fazer bem."

A. Quem é você?! O que você está fazendo aqui? Como é que você me conhece?

B. Escute, eu não sei quem você é, eu não sei o que você veio fazer aqui, mas você não tem nada para fazer aqui! Saia imediatamente!

--

A. (Quem é essa mulher? Como é que ela pode saber disso? Será que ela é telepata?)

B. (Ela está falando do Beliath, evidentemente... Ela deve conhecê-lo de uma maneira ou de outra.


Beliath [editar | editar código-fonte]

"Sim. E você salvou a minha vida."

A. Não tanto assim... Foi principalmente graças à Leandra. Eu só a ajudei...

B. Não sei se podemos dizer isso. Aconteceu sem querer, sabe.

C. Foi graças a você, eu acho. Eu ouvi a sua voz e...

--

"Ela se defendeu. Mas não vai perseguir esse vampiro com a gente."

A. Mas... É egoísta demais!

B. Sério? É tão rígido assim, lá de onde ela vem? Ela nem sequer vai tentar?

C. O quê?! Mas... Como você sabe disso? É definitivo?

--

"Mas então... De que raça ele é?"

A. (Será que ele também é metade demônio ou íncubo?)

B. (Não acho que ele também seja um demônio...)

C. É um mestiço? Ele nunca me falou disso...

--

"Só que..."

A. Você não conseguiu ficar indefinidamente no seu canto.

B. Você começou a conviver não somente com vampiros, mas também com humanos...

C. Com o tempo, ficar separado dos seus semelhantes demoníacos e recusar aceitar a sua parte de vampiro acabaram isolando você, tanto do lugar de onde você vinha, quanto do lugar onde você estava agora.

--

"Ei, tudo bem? Você está bem silenciosa..."

A. Sim, está tudo bem... Eu estou cansada, a noite foi difícil.

B. Não quero questionar a sua força ou a confiança que tenho em você...

C. Não, não é nada. Eu estava pensando... na Leandra.

--

"Meu Deus, os seus braços... Eu tenho que examinar você!"

A. Isso... Isso não é nada, não é? Se ela não me feriu realmente como no meu ventre...

B. Beliath, isso é real? Ela realmente feriu os meus braços, ou é como o meu ventre? Eu não consigo mais saber!

C. Beliath, que inferno é esse?! Como ela conseguiu chegar aqui? E por quê?

--

"Se o combate tivesse durado mais tempo..."

A. Beliath, a que ponto isso é grave? Vai ficar tudo bem...? Isso vai sarar?

B. Ela quis me matar, é isso? Foi a Leandra que pediu a ela? Por que ela fez isso?!

C. Ela falou de você, Beliath. Será que foi por sua causa que ela veio? E eu estava no lugar errado e na hora errada?

--

"Eu sei que não é o momento, mas meu Deus, você não quer saber o que eu tenho na cabeça."

A. Ah, é? E por que eu não iria querer? Iríamos pensar em coisas bem ousadas...?

B. (Eu gostaria de saber, na verdade, mas sim, eu sei que não é o momento...

C. Pode ser que com pequeno extra, eu poderei inspirar ainda mais você...


Eloise [editar | editar código-fonte]

A. (Tenho a impressão de que se eu deixar a Leandra ir primeiro, estou dando razão a ela... Mas se eu forçar, corro o risco de passar por uma egoísta.)

B. (Sério? Me mantiveram afastada de tudo durante esse tempo todo e justo quando o Beliath precisa realmente de mim e que está acontecendo alguma coisa de grave, eu tenho que ceder o lugar e acreditar que a minha opinião conta?)

--

"(É que ele está começando a saber o que mexe comigo.)"

A. (Ah, e claro que ele tem que estar nesse estado quando resolve fazer isso comigo!)

B. (Mesmo num estado desses, ele é capaz de ir em frente? É realmente um meio-íncubo.)

C. (Que idiota! Me provocar mas ser incapaz de fazer seja lá o que for!)

--

"(Impossível evitar o combate!)" 

A. (Se eu for procurar alguém, ela certamente terá tempo para me ferir e eu a terei levado a um dos meninos.) 

B. (Se ela for mais poderosa do que a Leandra, é inútil tentar.)

C. (Então, a gente não poderá falar. Eu não tenho escolha, eu não posso rechaçá-la e mandá-la embora sozinha.)


Leandra[editar | editar código-fonte]

"(Ela ficou...)"

A. E mais nenhum detalhe picante sobre as circunstâncias em que você gostaria de fazer isso?

B. Eu faço o que eu quiser, ainda mais no meu quarto.

--

"Eu tive tempo de desfrutar do meu status e dos humanos."

A. Em resumo, não há nenhuma razão para você mudar...

B. E... o nascimento do Beliath mudou alguma coisa? Mas ele não era seu filho...

--

"Eu cuidei do resto."

A. Mas... você só fala de você e da sua mãe.

B. Mas... me desculpa, por que você fez isso?

--

A. Sendo seus semelhantes ou não, o fato é que aqueles de quem você gosta estão em perigo!

B. Claro que sim, ele é um dos seus!

Ilustração[editar | editar código-fonte]

Navegação[editar | editar código-fonte]

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.